Falando Sobre: A Importância de ser Lido

Há alguns anos atrás, pensar na possibilidade de alguém ter acesso ao que eu escrevia era uma coisa de dar medo. Achava que se alguém pudesse ver esse lado meu, iria me julgar. Pior, acreditava que seria encorajada a abrir mão de algo que eu gostava muito de escrever quando percebessem que eu não tinha talento pra isso. Era difícil pra caramba!
Mas aí um dia resolvi mostrar pro mundo o que eu fazia. E isso mudou a minha vida inteira.
Essa é pra vocês, que escondem seus escritos a sete chaves: vocês sabem qual a importância de ser lido?


Gostou? Deixe seu comentário, compartilhe com os amigos :D Toda divulgação é sempre bem vinda
E espero ainda ouvir falar (e muito!) de vocês ;)
Beijões

3 comentários:

  1. Oi Larissa, tudo bem?
    Eu ia comentar pelo Youtube, mas aí passou de 500 caracteres kkk
    Sou aspirante a escritor, e essa paixão começou de uma maneira estranha, com vídeo games. Um dia eu botei na minha cabeça que eu ia ser produtor de games, ia trabalhar na Square Enix e fazer muitos Final Fantasy por aí. Comecei a mecher no RPGMaker, e até descobri foruns sobre o assunto, quando eu finalmente resolvi divulgar o projeto, fui bombardeado por críticas destrutivas, falando que eu não entendia do assunto, que tava tudo bagunçado, que o roteiro era mal feito e por aí vai... Na época eu tinha 11 anos. Imagina uma criança de 11 anos ouvindo um monte de coisa dessas... Pois é. Aí eu resolvi sair dessa vida. Um belo dia, conheci o tal livro Crepúsculo, desconhecido na época ainda, e eu li. Fiquei fascinado, mas não com a história e sim pelo jeito que a Stephenie escrevia, como ela descrevia cenas e colocava as palavras. Isso ascendeu em mim uma chama de querer ser escritor. Fuçando nas profundezas do PC eu achei o roteiro do meu game, dei uma lida e comecei do zero a escrever novamente. O que era para ser umas simples mudanças, acabou se tornando uma poderosa cirurgia plástica! No caminho, encontrei várias pedras. Meu PC deu pane duas vezes e tive que escrever a históra de novo nas duas vezes :(
    Isso, por que eu não tinha dinheiro para comprar um pen drive e quando eu comprei, foi só alegria!
    Acontece que a minha história é meio autobiográfica só que com uns toques de fantasia. O que me deixava com medo de deixar as pessoas lerem o que eu escrevi. Especialmente por que eu poderia falar de alguém e esta pessoa começar a me julgar.
    Criei vergonha na cara e fiz um blog, para divulgar o livro e outras histórias, gostei tanto da ideia que ele se tornou meu blog pessoal. Aos poucos fui ganhando seguidores e leitores que se interessaram pela história, fiquei tão animado a escrever! Porém o livro já fez aniversário de escrita: 22 de Novembro 2009 e ainda não foi terminado...
    Então o que eu resolvi fazer... Uma espécie de Livro Prévia. É pequeno, tem 3 capítulos, cada um fala sobre os protagonistas da história, mas só os principais, contando um pouco mais da história deles antes da história do livro principal acontecer. Eu vou colocar ele para download no meu blog, está previsto pra sair no primeiro quadrimestre de 2013. Já lancei umas prévias: pequenas frases com trechos do livro na página do facebook do blog e gostei do feedback que eu recebi :)
    No meio desse caminho já tentei escrever fics, eu parei em uma de terror, mas já terminei a minha primeira que era de romance e foi um flop geral. Ninguém falou mal da história, mas eu sinto que ela precisa de uma cirurgia plástica também kkk
    Ufa, acho que terminei. Realmente, tem muito mais que 500 caracteres rsrs
    Gostei muito do vídeo, já te stakeei no blog, no youtube e no twitter :D

    ResponderExcluir
  2. Estou escrevendo um livro de romance, já faz algum tempinho, mas morro de medo de publicar algum dia e as pessoas ficarem julgando e tals.
    Agora que assisti ao teu vídeo confesso que esse meu medo parou e até fiquei incentivada em continuar escrevendo o livro e um dia publicá-lo.

    Bjs...
    Assunto Sobre Livros

    ResponderExcluir
  3. Legal Larissa!
    Bem assim mesmo! Se não tentar não vai saber.

    A coisa mais bacana de estímulos é escrever mais, e de críticas é melhorar!

    ResponderExcluir

 
Larissa Siriani | Copyright © Design por Naiare Crastt • Mantido pelo Blogger