21%

Vou falar: parece que foi ontem que eu estava nessa festa aí da foto.

A semana passada inteira eu brinquei que não estava fazendo 21, mas sim 15,39875398 anos. Às vezes, é bem isso que eu queria: nunca ter saído dos 15. Não sou uma pessoa que gosta da perspectiva de envelhecer, não pelas questões estéticas da coisa, mas por todo o lado prático da vida que vai se tornando cada vez mais complexo conforme os anos vão passando.

Pra não me desligar da minha juventude, escrevo. Nos meus cenários adolescentes, revivo as paixões, as indecisões, tenho território livre pra mergulhar naquela época da qual tenho tanta saudade. Enquanto isso, na vida real, envelheço - eternamente jovem, mas envelheço. O tempo não para pra ninguém, então por que vai parar pra mim?

Assopro as velinhas, faço um pedido, aceito os abraços, desembrulho os presentes, me emociono com cada palavra de carinho das pessoas queridas, próximas ou distantes, e isso ameniza meus medos. Envelhecer pode não ser tão ruim assim se eu tiver comigo tanta gente maravilhosa que se importa. Saber que a caminhada, mesmo dura, não é solitária, é tudo que eu preciso.

Parabéns pra mim :)


ps: obrigada a todo mundo que me mandou votos de felicidade hoje! vocês são incríveis!

2 comentários:

  1. Felicidades Lari Linda!

    Todo sucesso do mundo!!
    Paz, sorrisos, felicidade e que Deus te abençoe!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. me sinto assim tbm...to fazendo 27, já, mas me sinto quase uma adolescente ainda.. rs

    Parabéns pra nós! ;)

    beijo!

    ResponderExcluir

 
Larissa Siriani | Copyright © Design por Naiare Crastt • Mantido pelo Blogger