Não vou falar

Não vou falar sobre como você me afeta. Não vou dizer nada sobre os olhares escondidos e as indiretas perdidas pros outros, mas que nunca me passam despercebido. Não vou me abrir sobre o jeito como segura a minha mão, nem sobre os momentos em que me abraça e esqueço de respirar por um instante. Ou sobre as vezes em que me beija devagar e parece que o mundo inteiro parou só pra nós dois.

Não vou falar sobre a saudade que sinto. Não vou colocar em palavras os pensamentos bregas que tenho às vezes, nem te contar todas as coisas que ainda quero fazer com você. Não vou falar sobre os sonhos que tive, dormindo ou acordada, e também não vou mencionar que fico elétrica quando vejo seu nome no meu celular.

Não vou falar sobre o quanto você me irrita às vezes. Não vou contar que, mesmo quando você me irrita, tenho vontade de te beijar. Não vou falar que às vezes fico horas repassando as nossas conversas, nem que também me divirto ao te irritar.

Não vou falar sobre o quanto estou assustada. Não vou dizer que já estou calejada de experiências ruins, e que tenho medo de me apaixonar por alguém. Não vou falar sobre as horas que desperdiço imaginando mil cenários onde tudo vai dar errado, nem vou citar todos os pensamentos horríveis que já tive.

Não vou falar de você. Também não vou dizer que é você, porque você já sabe. Não vou gritar pros quatro ventos, por mais que queira, porque você é meu segredo, e enquanto meu segredo, está protegido. Se ninguém souber, posso fingir que não é nada sério. Posso me convencer de que, se tudo for mesmo pelos ares, não vou sentir nada. Posso acreditar que, se eu manter meus pés no chão e a cabeça no lugar, não vou realmente me apaixonar por você. É só não dizer.


Leia ouvindo: Catch Me, de Demi Lovato

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Larissa Siriani | Copyright © Design por Naiare Crastt • Mantido pelo Blogger