Corpo


Corpo. Me desculpa. Mas eu te odeio.

Eu digo isso às vezes. Muitas vezes. Mais do que é certo. Mas sabe o pior? Às vezes eu nem preciso dizer. Você já sabe, porque eu mostrei todo dia o quanto eu te odeio. 

Eu te odeio quando coloco uma roupa e me sinto horrível. Eu te odeio quando estou com fome mas acho que não posso comer porque já estou grande demais. Eu te odeio quando eu como, e aí me odeio mais ainda porque sei onde cada grama daquela comida vai parar. Eu te odeio quando olho pra TV ou pras revistas e não sou como as outras. Eu te odeio quando me olho no espelho. Quando me vejo. Quando penso em mim.

Mas eu não quero te odiar. Eu já passei tanto tempo te odiando. 

Então me desculpa por todas as coisas que já disse e ainda vou dizer. Me desculpa por todas as coisas idiotas que já fiz tentando te mudar. Me desculpa pelas várias maneiras em que descontei minha raiva em você, em que me puni te ferindo, em que senti que te odiar era a única saída. Me desculpa por não conseguir te amar como você merece.

Mas é tão difícil. É tão difícil quando dizem pra você que você não deve. Que você tem que ser melhor, que tem que mudar, que precisa ser outra pessoa. Já me convenceram por A mais B que desse jeito está errado, e agora está difícil mudar. Me perdoa. Não desiste de mim.

Eu quero fazer as pazes com você. Eu quero voltar a te amar. Eu VOU voltar ante amar. Hoje é um batom, amanhã é uma roupa nova, e depois um elogio em frente ao espelho. É difícil. A gente sabe. Mas eu vou chegar lá.

2 comentários:

  1. Você e seu corpo são absolutamente maravilhosos! ❤

    ResponderExcluir
  2. Quero dizer que você quase me fez chorar com esse texto .Sei como é se sentir assim.E amei Amor Plus Size .Foi muito amor para um livro só.Me reconheci muito na Mai.Na verdade eu querida apenas dizer de novo que acho você maravilhosa.

    ResponderExcluir

 
Larissa Siriani | Copyright © Design por Naiare Crastt • Mantido pelo Blogger