O Muro e a Estrada

Não é que você não sabe o que quer. É que tem medo de querer.

Tem medo de admitir que gosta dele e ter que fazer algo a respeito. Ou tem medo de admitir que não gosta e perder aquela segurança do ego amaciado por ter alguém por perto. 

No fundo, você sabe o que quer pra sua vida - esteve lá o tempo todo, falando com você em códigos, nas coisas que você gosta, nas pessoas que você admira, na vida que gostaria de ter. Mas tem medo do que vão falar, de como vai ser, de não dar certo, ou de dar certo e não ser tudo que você esperava.

Você sabe, só que tem medo do que sabe. O muro é mais confortável do que seguir pela estrada do caminho escolhido. Porque o muro é claro como o dia, e você sabe onde ele termina, mas a estrada... ah, a estrada é longa, e você mal consegue ver os primeiros metros dela.

Mas ficar com medo não vai clarear o caminho. Escolher o muro é escolher nunca saber, nunca tentar, nunca quebrar a cara. E daí se der errado? É experiência. E se der certo, tanto melhor. Não dá pra saber sem fazer.

E você sabe. Lá no fundo, você sabe.

Então faça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Larissa Siriani | Copyright © Design por Naiare Crastt • Mantido pelo Blogger