Vulcão

Se eu fosse vulcão, meus sentimentos seriam lava. Eles me preenchem, se agitam em mim até vazarem, levando tudo em seu caminho.

Não sei sentir pela metade. Não sei estar um pouco interessada, meio decepcionada ou um pouco triste. Tudo que eu sinto me suga, todos os sentimentos me dominam. Às vezes é tanta felicidade que canto sozinha. Às vezes a raiva me cega. Às vezes a incerteza sussurra tão alto ao meu ouvido que não consigo acreditar em mais nada.

Se meus sentimentos fossem chuva, eu seria alagamento. Nasci para transbordar. Em algum lugar, eu sei, há um barco me esperando para me levar pela inundação. Até lá, faço o que aprendi a fazer melhor e nado dentro de mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Larissa Siriani | Copyright © Design por Naiare Crastt • Mantido pelo Blogger