Tudo bem

Está tudo bem não estar bem por um dia, ou dois, ou dez. Tudo bem não querer encarar o mundo, querer se esconder debaixo das cobertas e chorar até o dia clarear. Está tudo bem se hoje o melhor que você pode fazer foi chegar até o fim do dia, foi não quebrar completamente, foi apenas sobreviver. Está tudo bem.

Também está tudo bem se você não quiser fazer nada hoje. O mundo não vai parar porque um dia, você pensou em si mesmo em primeiro lugar, e resolveu que sair da cama não te faria bem algum. Tudo bem se, só por hoje, você não quiser lutar, não quiser brigar, não quiser se importar muito com a vida. Você não é um robô. Você tem direito a ser quem é, a sentir o que sente. Está tudo bem.

Está tudo bem se você precisar cortar algumas coisas -- ou pessoas -- da sua vida. A gente aceita demais certas coisas, e aguenta muito mais do que deveria, e às vezes, o melhor que podemos fazer é dizer chega. Está tudo bem se você estiver no seu limite. Se você precisar dizer não a uns, evitar outros, se você precisar se afastar, tudo bem. Você é mais do que isso. Você merece ficar bem.

Hoje, está tudo bem. Só não estará bem quando os hojes se transformarem em sempre, quando você desistir completamente de você. Hoje, tudo bem descansar. É preciso. Amanhã, tenho certeza, você volta mais forte pra luta, e nas suas próximas batalhas, vencerá sem esforço. Hoje, respeite a si mesmo. Ouça seu corpo, sua mente. Por hoje, está tudo bem.


Um comentário:

  1. Todo mundo as vezes precisa se "desconectar" um pouco de tudo, mas tudo tem um limite, assim como você falou, que esse hoje não se transforme em sempre. Adorei seu post, sucesso sempre...

    http://sinceramente-le.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

 
Larissa Siriani | Copyright © Design por Naiare Crastt • Mantido pelo Blogger